na cabeceira

literatura & diarices

O Papa que era mulher

Joana de Ingelheim era uma aquariana de 28/01 que não aceitava o machismo da Idade Média. (Sim, senhores, aquarianas se rebelam desde tempos imemoriais.) Se disfarçou de homem - assumindo a identidade de seu irmão, morto em combate -, virou padre e, posteriormente, chegou ao papado em Roma. Essa é…