na cabeceira

literatura & diarices

Memórias de um sargento de milícias

Eu lutei, senhores, lutei contra a falta de vontade de ler esse livro, contra minha preguiça infindável ao folhear as páginas da obra-prima (e única, por sinal) de Manuel Antônio de Almeida. Sim, senhores, eu lutei e venci; posso dizer que não me arrependo: apesar do que parece, Memórias de um sar…