na cabeceira

literatura & diarices

A tag da leitora culpada

A Michas total me salvou hoje porque eu estava a fim de falar sobre livros, mas não sabia exatamente como. Então lembrei que ela postou esses dias uma tag que é basicamente a Tag da Leitora Culpada, que consiste em perguntas pra averiguar sua culpa enquanto leitor. Vamo que vamo o/


1. Já presenteou alguém com algum livro que você ganhou de presente?
Mas é claro. As pessoas costumam me dar muitos livros, só que por algum motivo elas acham que eu gosto de Y.A.s e coisas do gênero. Spoiler: não gosto. Até tento ler, mas fica empacado. Então, quando há a oportunidade, dou de presente. Livro parado é livro triste - melhor passar pra frente e deixar todo mundo feliz no processo, eu com espaço pra livros novos e as pessoas com novas histórias pra ler. 

2. Já disse que leu algum livro quando, na verdade, não leu?
Não. Lembro que isso acontecia muito na escola, dos colegas dizerem que tinham lido o livro, mas não tinham nada. Só que eu sempre fui rata de biblioteca, então nunca tive problemas com isso. Lembro que uma vez a professora ficou dois meses avisando que a gente tinha que ler Memórias de um sargento de milícias porque iria ter uma prova só sobre ele. No início achei o livro meio chatinho, mas depois do primeiro capítulo já estava gargalhando (inclusive: meu livro preferido de literatura brasileira ♥). Chegou o dia da prova: ninguém tinha lido o dito cujo a não ser eu. E a professora, então, só deixou eu fazer a prova e deu zero pra o resto da turma. (Já disse como eu era odiada na escola? Pois é.) 

3. Já pegou algum livro emprestado e não devolveu?
Já, mas não foi por querer. Em todos os casos foi porque as pessoas simplesmente SUMIRAM assim que me emprestaram seus livros. E quando digo que sumiram quero dizer que trocaram o número de telefone, desativaram o facebook e foram viver nas montanhas. No caso de uma pessoa específica, ela simplesmente me bloqueou de tudo sem dar a mínima satisfação, do mais absolutamente nada, e até hoje eu não sei o que aconteceu. Mas ela passa por mim na faculdade sem nem dar um oi e eu que não vou correr atrás pra devolver um livro que eu nem queria pegar pra início de conversa. 

4. Já leu alguma série fora de ordem?
Já. A série em questão foi a Trilogia da Magia, da Nora Roberts. Li o primeiro e o terceiro livros, mas ainda não li o segundo. Total queria, mas o primeiro li da biblioteca e o terceiro li porque foi o único que consegui achar pra comprar, só que não achei de forma alguma o segundo. Ainda estou esperando acontecer de ele surgir magicamente na minha frente. 

5. Já deu spoiler de algum livro para alguém?
Dei, mas foi porque a pessoa pediu e só após eu ficar perguntando se ela realmente tinha certeza de que queria o spoiler. ODEIO SPOILERS E QUERO MATAR QUEM FICA JOGANDO ISSO SEM AVISOS, então evito fazer o mesmo com as pessoas. 

6. Já dobrou a página de algum livro para marcar?
Claro. Não é algo de que me orgulho, mas às vezes é necessário. 

7. Já disse para alguém que você não tem um livro quando, na verdade, tem?
Não, eu digo na lata mesmo que não empresto. Empresto meus livros pra pouquíssimas pessoas e sempre me arrependo porque ninguém cuida direito deles aaaaaaaah. Sempre tenho que dar uma restauradinha nos livros quando eles voltam. É bem triste, e isso com pessoas de confiança - imagina se eu simplesmente saísse emprestando pra qualquer um? Credo. 

8. Já disse que nunca leu algum livro quando, na verdade, já leu?
Não, né. Gente, eu não tenho vergonha nenhuma na cara. As pessoas que me acham envergonhada claramente não me conhecem - eu sou introvertida e não gosto muito de gente, o que não significa que seja envergonhada. Não trabalho com o conceito de guilty pleasure e se li algo que seja considerado bobo ou ridículo (alô Crepúsculo), falo mesmo, tô 100% nem aí. Mesma coisa pra os livros do Paulo Coelho: todo mundo me zoa quando digo que li e gosto. Mas gosto, ué. Me deixa. 

9. Já pulou um capítulo ou trechos de algum livro?
Se eu não me engano, isso aconteceu muito com Machado de Assis. Gente, eu não gosto do Machado. Quer dizer, eu gosto dos contos dele. Um poema e outro é até legal. Mas ele como romancista? Acho um saco. PODEM ME CRUCIFICAR, PESSOAL DAS LETRAS, ESTOU CAGANDO PRA VOCÊS. Machado é chato, ponto. Pulei capítulos, depois voltei porque tinha que ler aquela porcaria, mas foi por obrigação, não por amor à obra, não. Tanto escritor bom e vocês obrigando a gente a ler Machado. Olha, sinceramente... 

10. Já falou mal de algum livro que, na verdade, você gostou? 
Já, mas isso é porque eu sempre gosto de ressaltar as coisas boas e ruins nos livros. Fora que eu gostar de um livro é algo bem sentimental - não quer dizer que ele não seja mal escrito, quer dizer apenas que ele fez sentido pra mim naquele momento. Posso falar mal de livros e gostar deles ao mesmo tempo, uma coisa não influi na outra. Vamos ser críticos, pessoal. Não consigo defender ninguém, nem autor preferido eu defendo. 

4 Comentários

  1. Adorei essas suas resposta as suas respostas kkkkk também não tenho muita paciência para alguns contos de Machado, mas amo Literatura, ler é vida <3

    https://poetizandomaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. lembro de um spoiler que um colega de escola me deu de um livro que eu estava lendo, eu fiquei tão puta que chorei, gritei e fiquei uns dois dias sem falar com ele. Tou com alguns livros aqui que ganhei e não li vou cassar alguém pra presentear.


    Blog Entre Ver e Viver

    ResponderExcluir
  3. Mia, adorei você falando que não gosta do Machado, haha! Não conheço muito do trabalho dele para ter uma opinião, mas eu morro de preguiça dessa ~mentalidade~ que diz que não podemos criticar autores conceituados. Pessoas, se liguem!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu tenho a Trilogia da Magia, mas em PDF. Caso quiser, só me fala que te envio :*

    ResponderExcluir

Postar um comentário